Arquivo de Outubro, 2011

I Congresso do Livro discutiu alternativas “para que o livro não morra”

Ainda conclusões do Congresso do Livro, realizado nos passados dias 28 e 29, na Ilha Terceira. Trataram-se, de forma abrangente e pertinente, mas não sem controvérsia, praticamente todas as questões que afectam, na actualidade, o mundo editorial e livreiro e, claro, a leitura e os leitores.

«A revolução digital está em nosso redor, é um momento transformador, o equivalente ao momento da revolução de Gutenberg», afirmou Fergal Tobin, presidente da Federação Europeia de Editores e um dos convidados do I Congresso do Livro, organizado pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL) e que reuniu nos últimos dias editores, livreiros e agentes literários na Praia da Vitória, ilha da Terceira, Açores.

(por Isabel Coutinho, in Público, ler resto da notícia)

Congresso identificou necessidade de adequar a legislação em defesa dos direitos dos autores e dos editores (Ana Banha)

Anúncios

Claude Lévi-Strauss

“O mundo começou sem o homem e acabará sem ele.”

Claude Lévi-Strauss

Claude Lévi-Strauss

Foi um dos grandes pensadores do século XX. Estudou leis e filosofia, mas descobriu na etnologia a sua verdadeira paixão. No livro “Tristes Trópicos” (1955), que lhe trará a fama e pelo qual recebeu o recebeu o Prémio Goncourt, o autor conta como a sua vocação de antropólogo nasceu durante as viagens ao interior do Brasil.

Passou mais de metade da sua vida a estudar o comportamento dos índios americanos. Defendia que o ser humano não deveria ser visto como um habitante privilegiado do universo, mas como uma espécie passageira que deixará apenas alguns traços da sua existência quando estiver extinta.

Numa entrevista em 2005, Lévi-Strauss disse: “Dirigimo-nos para uma espécie de civilização à escala mundial (…) Estamos num mundo a que já não pertenço. Aquele que conheci, aquele de que gostei, tinha 1500 milhões de habitantes. O mundo actual tem seis mil milhões de humanos. Já não é o meu.”

Relembramos Claude Lévi-Strauss, quando passam 103 anos do seu nascimento.

Bibliografia de Claude Lévi-Strauss

Fotocópias a livros dão prejuízo de 40 milhões

Mais repercussões do Congresso do Livro, ocorrido nos últimos dois dias em Praia da Vitória e onde participámos:

«Os prejuízos resultantes das fotocópias de livros, principalmente no ensino universitário, “deve atingir os 40 milhões de euros”, segundo declarações do professor universitário Pedro Dionísio à Lusa.»

(in Correio da Manhã, ler resto da notícia)

Congresso do Livro

As novas tecnologias em debate no último dia do Congresso da APEL …

Estivemos presentes e gostámos muito. Parabéns à APEL pela excelência da organização e pela actualidade e pertinência dos temas tratados.

‎«O livro e as novas tecnologias constituem um dos temas em debate hoje, no último dia do Congresso do Livro que decorre desde sexta-feira na Praia da Vitória, ilha Terceira…»

(via LUSA, v. mais notícias aqui)

Evelyn Waugh

“Pontualidade é a virtude do chato.”

Evelyn Waugh

Evelyn Waugh

Escritor inglês, considerado um dos grandes mestres da sátira moderna, publicou mais de sessenta livros. O seu maior sucesso literário foi “Reviver o Passado em Brideshead”, que retrata o mundo de Oxford no final de 1920.

Tentou a vida como professor, mas não conseguia aguentar um emprego por muito tempo. Bebia muito gim e tinha ímpetos autodestrutivos. Em 1925, tentou o suicídio por afogamento, mas sem sucesso. Foi salvo pela literatura e pelo catolicismo, ao qual se converteu em 1930, depois de se divorciar da primeira mulher.

O clã Waugh tem uma vasta tradição literária. Somando a obra de filhos, netos e bisnetos do editor Arthur Waugh, pai de Evelyn, chega-se a cerca de 180 livros.

Destacamos Evelyn Waugh, quando passam 108 anos do seu nascimento.

Bibliografia de Evelyn Waugh

Prémio Literário José Saramago vai para o Brasil

Andréa del Fuego, uma mineira de 36 anos, recebeu ontem o prémio Literário José Saramago, pelo seu romance de estreia “Os Malaquias”. (por Joana Emídio Marques, in DN ARTES)

Andréa del Fuego, uma mineira de 36 anos, recebeu ontem o prémio Literário José Saramago, pelo seu romance de estreia "Os Malaquias".
“Na cerimónia, que decorreu no edifício do grupo editorial BertrandCirculo, em Lisboa, estava presente o Secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, João Tordo, o último vencedor do prémio, os membros do júri, entre eles Vasco Graça Moura e Nélida Piñon.

Nome praticamente desconhecido em terras lusas, Andréa del Fuego é editada no Brasil pela Letra Geral e, antes deste “Os Malaquias”, escreveu oito livros, entre contos eróticos e histórias infanto-juvenis.”

Ler resto da notícia

Ziraldo

“O importante é motivar a criança para leitura, para a aventura de ler.”

Ziraldo

Ziraldo

É um homem de oito ofícios: cartunista, pintor, dramaturgo, caricaturista, escritor, cronista, desenhador e jornalista. Nos anos 60, lança a sua primeira história em banda desenhada, “A Turma do Pererê” que lhe trouxe alguma fama. Fundou com outros humoristas, durante a ditadura militar, “O Pasquim”, um jornal não conformista.

Ganhou, em 1969, o Óscar Internacional de Humor no 32.º Salão Internacional de Caricaturas de Bruxelas e o Merghantealler, prémio máximo da imprensa livre da América Latina. Foi, ainda, convidado a desenhar o cartaz anual da Unicef, honra concedida pela primeira vez a um artista latino.

Em 1980, lançou aquele que seria um dos maiores fenómenos editoriais no Brasil, “O Menino Maluquinho”. O seu sucesso foi tão grande, que foi adpatado para banda desenhada, teatro, ópera infantil, cinema, entre outros.

Os seus trabalhos encontram-se traduzidos para diversas línguas como o inglês, espanhol, alemão, francês, italiano, etc. Falamos de Ziraldo, no dia em que celebra o seu 79.º aniversário.

Bibliografia de Ziraldo


Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

O SitiodoLivro.pt

Seja nosso fã no

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Conheça todas as novidades editoriais na nossa livraria

Os nossos e-books

Procura um livro que não encontra? Peça-nos

Encomende os livros escolares connosco

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Arquivo por meses

Categorias

Siga-nos no twitter


%d bloggers like this: