Archive for the 'Novidades' Category

Apresentação do novo livro “Manual Condensado de Transportes Metropolitanos”, de Fernando Santos e Silva

Quarta-feira, 3 de Maio às 18:30, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

Fernando Santos e Silva, engenheiro electrotécnico de formação, passou os 37 anos da sua vida profissional no Metropolitano de Lisboa, em diversas funções técnicas e dirigentes e agora, já reformado, “escreve às vezes, sem conseguir por norma evitar os temas da sua profissão, das experiências de quem conheceu, ou do que influencia a vida das comunidades”. Acaba de publicar o seu segundo livro, que intitulou “Manual Condensado de Transportes Metropolitanos – Breve curso de transportes urbanos”, “dedicado aos cidadãos interessados na problemática dos transportes urbanos, especialmente na relação com o seu quotidiano de idas e vindas dos empregos, ou com as suas deslocações de lazer, ou, como contribuintes, preocupados com o peso da rede de transportes nos seus impostos ou simplesmente insatisfeitos com o seu funcionamento”.

A sessão contará com a participação dos Eng.ºs Ramalho de Almeida e Carlos Gaivoto.

Anteveja o livro e conheça o autor clicando na imagem

9789898845115

Apresentação da nova obra de Emanuel Góis “Contos que vos conto”

Sábado, 29 de Abril, às 16:00, na Biblioteca Municipal do Barreiro (Rua da Bandeira, 2830-330 Barreiro)

Depois da publicação de “Algures no tempo” e “Momentos”, ambos ligados à sua vertente poética, Emanuel Góis, advogado de profissão, mas também dedicado ao desporto, como jornalista, praticante, treinador e dirigente, traz-nos agora uma obra em prosa, intitulada “Contos que vos conto”, em que, “ao longo dos catorze contos que a compõem, procura ficcionar diversos temas, alguns deles de grande atualidade e reflexão e onde o leitor encontrará questões relacionados com ética, moral social, amores, guerras e suas vítimas, justiça e política, esta através duma escrita metafórica e de ironia”.

A sua apresentação estará a cargo do Juiz Desembargador Pedro Mourão.

Anteveja o livro e conheça o autor clicando na imagem

9789898821447

Apresentação do livro “Luísa”, de Catarina Vieira da Silva

Sábado, dia 1 de Abril às 16:00, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

Catarina Vieira da Silva, de 16 anos, vive e estuda em Mora, onde frequenta o 11.º ano do curso de Ciências e Tecnologias. A escrita sempre fez parte da sua vida, tendo já inclusive participado em concursos literários e é autora do blogue Excertos de Uma Vida, onde escreve essencialmente sobre os seus sentimentos e acontecimentos com maior impacto na sua vida. Há alguns anos, criou uma conta numa plataforma online para escritores amadores e anónimos publicarem as suas histórias e onde começou o livro “Luísa | Uma escolha, um destino, uma descoberta”, que agora decidiu publicar.

Desta obra, diz o Prof. Dr. Daniel Sampaio que “se trata de um livro que revela uma escrita cuidada e inteligente, sobre temas muito importantes para compreendermos a vida dos mais jovens”.

A apresentação contará com a participação da Dr.ª Ana Alica Mendonça Pinto.

Anteveja o livro e conheça a autora clicando na imagem

9789898845122

Sinopse

Luísa cresceu num colégio de freiras, protegida do mundo à sua volta, mas estará ela disposta a abdicar de tudo o que conhece para saber o seu passado?

Uma adolescência repleta de descobertas surpreendentes. Um anel que pode mudar tudo. Uma verdade completamente inesperada.

Apresentação do novo livro de poesia de Virgílio Saraiva “Nas Asas de uma Borboleta”

Terça-feira, dia 21-Mar, às 18:00, na Biblioteca Municipal de Tomar “António Cartaxo da Fonseca” (Alameda dos Templários, 2300-303 Tomar)

Virgílio Saraiva, natural de e residente em Tomar, ativo militante associativo em muitas áreas, fundador da Associação de Jovens Escritores de Portugal, na década de 80, publica agora o seu quarto livro, que intitulou “Nas Asas de uma Borboleta”, retornando à poesia, depois de 30 anos. Diz o autor “que o poeta está à mercê de todas e das mais graves vicissitudes e que a sua arte não passa de uma ‘insensatez’ quotidiana que resiste e resigna na utopia ‘do sublime’, esperando que esta sua nova obra seja bem recebida e desfrutem do seu conteúdo”.

A sessão de apresentação contará com a participação do poeta e jornalista Nuno Garcia Lopes.

Anteveja o livro e conheça o autor clicando na imagem

9789898821423

Sinopse

Portugal é um país de poetas? Será? Assim parece, e diz a “voz” popular que de “poeta e de louco” todos temos um pouco. Contudo, quando a questão se prende com o aspeto comercial, a “poesia” não vende e acaba por ser mesmo “loucura”. Quer dizer que o poeta está à mercê de todas e das mais graves vicissitudes. A sua arte não passa de uma “insensatez” quotidiana que resiste e resigna na utopia “do sublime”.

Não interessa, quem corre por gosto não cansa! É assim que, mesmo mais de trinta anos depois, chega aos leitores o segundo título de poesia de Virgílio Saraiva. Que seja bem recebido e desfrutem do seu conteúdo. O autor agradece.

Apresentação do livro “Adeus, até um dia…”

Sábado, dia 04-Mar, às 16:00 na Junta de Freguesia do Forte da Casa (Rua Américo, Vila Franca de Xira)

Fátima Murteira, natural de Santarém, cresceu e viveu em Lisboa até casar e, desde então, reside no Forte da Casa, onde viu crescer os seus três filhos. Em 2008, o infortúnio do destino traz-lhe uma tristeza quando o filho mais velho faleceu vítima de um acidente de viação. Em vez de perder a Esperança, este infeliz episódio deu-lhe Força para continuar a Viver e publicou agora um livro, que intitulou “Adeus, até um dia…”, onde, recuperando as notas escritas deixadas pelo seu filho que converte num diário, “tenta ir ao seu encontro e preservar as memórias que partilharam juntos numa tentativa de senti-lo mais perto”.

Para ver ou adquirir o livro e conhecer a autora clique na imagem

9789898714886

Sinopse

Esta é a história verídica e comovente de uma mãe que numa fracção de segundos vê desmoronar o seu mundo e com ele ruir todos os seus projetos de vida e da sua família, com a notícia inesperada e trágica da morte do seu jovem filho num brutal acidente de viação no verão de 2008.

Devastada e inconformada, pega no bloco de notas do seu filho, que lhe foi entregue na esquadra de polícia onde exercia funções e decide convertê-lo num diário onde desabafa a sua mágoa. Desta forma, tenta ir ao seu encontro e preservar as memórias que partilharam juntos numa tentativa de senti-lo mais perto.

Esta caminhada de luto levou-a a uma profunda reflexão sobre o mito que envolve a morte e que hoje a faz acreditar que a morte não é o fim, apenas uma passagem para uma nova realidade.

Apresentação de “Os Velhos não morrem na Primavera”

Sábado, dia 04-Fev, às 17:00, na Biblioteca Municipal de Mortágua

Jorge Gonzalez, que diz dever “o recorte estilístico e o gume aguçado das palavras” da sua escrita à circunstância de ser neto de um alfaiate e de um amolador galego, publica o seu terceiro romance, que intitulou “Os Velhos não morrem na Primavera”, um livro onde aborda “quatro das antinomias que albardam ou propelem os homens: a cupidez, a perda, a ética e o amor”.

Para antever ou comprar o livro e conhecer o autor, clique na imagem

9789898821348

Apresentação de “Cacharolete, Miscelâneas e Outras Misturadas”

Sábado, dia 04-Fev, às 15:00, na Associação dos Antigos Empregados do Banco Nacional Ultramarino (Rua Marechal Saldanha, n.º 5 – 3.º, Lisboa)

Salvador S. Quintas, reformado da atividade bancária desde 2006, publica o seu novo livro de poesia, intitulado “Cacharolete, Miscelâneas e Outras Misturadas”, obra que “nasceu de uma brincadeira, na tentativa de conciliar algumas coisas que podem parecer, à primeira vista , não conciliáveis”.

Para antever ou adquirir o livro e conhecer o autor clique na imagem

9789898821379

Sinopse

Cacharolete, Miscelâneas e Outras Misturadas, nasceu de uma brincadeira, na tentativa de conciliar algumas coisas que  podem parecer, à primeira vista , não conciliáveis. Todavia,  no fim desta pesquisa pelos meus baús do tempo, pareceu-me ter encontrado um fio condutor destes escritos.

Desta forma, aparece este livro que, dividido em 3 capítulos, procura organizar o que estava disperso, quer no espaço, quer no tempo, quer ainda na memória e inspiração. Não pareceu ser de importância fulcral a apresentação cronológica, mas apenas se irá fazer uma junção por afinidade.

Neste sentido, iremos encontrar aqui uma sequência do Do Riso às Lágrimas, com Volta…, não tanto na sua estrutura, mas na sua temática.


Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

O SitiodoLivro.pt

Seja nosso fã no

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Conheça todas as novidades editoriais na nossa livraria

Os nossos e-books

Procura um livro que não encontra? Peça-nos

Encomende os livros escolares connosco

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Categorias

Siga-nos no twitter


%d bloggers like this: