Posts Tagged 'Poesia'

António Martins Silvestre publica “Um Sorriso por entre Lágrimas”

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o autor

banner_FB_Um_Sorriso_por_Entre_Lagrimas

Em Portugal, país de poetas, como tão amiúde é propalado, existe provavelmente um dos maiores índices de indiferença em relação à Poesia, ainda que em teoria os poetas sejam, não menos frequentemente, motivo de discussões literárias de pseudointelectuais, que se dedicam e deleitam em estéreis dissertações, não tendo tantas vezes o mínimo amor pela poesia. E, realmente, a poesia é uma questão de amor! Por isso, aqueles que realmente amam – os poetas – continuam, não obstante a certeza que proíbe jamais serem ouvidos, lidos e amados, a escrever, sem medo da indiferença, nem da crítica literária, que em muitos momentos é bem pior do que esta última, pois é castradora e humilhante para aquele que procura encontrar um espaço de afeto para poder criar algo.

É, assim, que mais um poeta português, António Martins Silvestre, de origem alentejana, nasce sem receios para o grande público com esta sua primeira obra, intitulada “Um Sorriso por entre Lágrimas”. A sua poesia é clara, simples e sofrida – como é peculiar aos que se deixam conduzir pela espontaneidade – dramática em muitos momentos, jocosa de vez em quando, sarcástica e irónica quase sempre. Para os que fazem passar a inspiração que anima os poetas ao crivo injusto do critério subjetivo de erudição terminológico, patamar necessário para credibilizar uma obra poética, certamente, uma vez mais, encontrarão no trabalho deste poeta um pretexto para alimentar a ilusão em que vivem e um fundamento para a parcialidade e injustiça que esgrimem na abordagem superficial que oferecem aos que leem e julgam. Serão o povo e os crentes desta forma de expressão que farão o juízo final. Pois a palavra é um dom sagrado, que Deus deu aos Homens para comunicarem entre si.

Anúncios

Apresentação de “pedaços de escrita”, nova obra poética de Emanuel Góis

Sábado, dia 05-Mai, às 16:00, na Biblioteca Municipal do Barreiro (Urbanização do Palácio do Coimbra, Rua da Bandeira – 2830-330 Barreiro)

Com a publicação da presente obra, Emanuel Góis volta à sua vertente poética, como forma de exprimir, na escrita, aquilo que considera serem “Pedaços” das suas vivências, emprestando a cada poema os sentimentos reveladores da sua faceta romântica.

Em “pedaços de escrita”, como o próprio autor refere, “ser poeta não é escrever; ser poeta é sentir”.

A sessão contará com a participação da Dr.ª Helena Gonçalves

Para antever o livro e conhecer o autor, clique aqui na imagem

banner_FB_Pedaços_de_Escrita

Apresentação de “Histórias de um Mundo que passa”, obra poética de Manuel Bolotinha

Sábado, dia 03-Mar, às 16:00, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

Manuel Bolotinha, nascido em Lisboa em 1950, engenheiro eletrotécnico de profissão, começou a escrever poesia aos 17 anos, tendo participado recentemente em duas “Antologia de Poesia Portuguesa Contemporânea”, para além de ter editado diversos livros técnicos. Reuniu agora, neste seu novo livro, intitulado “Histórias de um Mundo que passa — 50 anos de devaneio —”, aqueles que considera serem os seus poemas mais representativos.

A sessão será participada pelo Eng.º Rafael Sacramento e por Patrícia Bolotinha Lourenço.

Para antever o livro e conhecer o autor, clique na imagem

HistoriaMundo_Facebook

Sinopse

O mundo passa, passam as suas histórias, morrem, ficam só as palavras, estranhas, que se entranham, que oprimem, que acariciam.

Se, como disse António Gedeão no seu fabuloso poema Pedra Filosofal, “[…] o mundo pula e avança / como bola colorida / nas mãos de uma criança […]”, o meu mundo foi a procura do impossível e do infinito, num devaneio permanente da juventude à velhice, envelhecendo sem envelhecer, criança eterna, porque como o poeta, não estou, não fico, não parto… sou!

Espero que a leitura destes poemas lhe dê tanto prazer como me deu escrevê-los e que se deixe embalar pela imaginação… devaneie!

Docente do IPS José Gil apresenta novo livro de poesia

Solange das Cerejas” é lançado dia 26, na Casa da Cultura de Setúbal

Dia 26-Jan, às 18:00 na Casa da Cultura de Setúbal (Rua Detrás da Guarda, 26 a 34, 2900 Setúbal)

Encenador, performer, poeta e professor da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal (ESE/IPS), José Gil apresenta mais uma obra de poesia já no próximo dia 26 de janeiro, sexta-feira, na Casa da Cultura de Setúbal. Solange das Cerejas – 53 Poemas de Amor, editado pela Sítio do Livro com o apoio do IPS, é lançado numa sessão com início pelas 18h00, que contará com as contribuições das docentes da ESE/IPS Cristina Gomes da Silva e Ana Pessoa e do poeta Jorge Vicente, autor do prefácio.

Solange das Cerejas é uma seleção de poemas de amor, retirada, como descreve o autor, “de um baú digital de centenas de poemas escritos numa paixão e namoro transatlântico de 10 anos, com algumas viagens em Portugal, no Brasil e no Chile. Como escreveu António Ramos Rosa [sem conhecer Solange] ‘é por ti que escrevo que não és musa nem deusa/mas a mulher do meu horizonte’”.

A sessão contará igualmente com um momento de leitura e interpretação de alguns destes poemas, para o qual foram convidados os atores e atrizes de vários projetos teatrais da cidade de Setúbal, bem como o elenco do Teatro Politécnico do IPS.

Autor de vários livros de poesia, com diversos poetas portugueses e brasileiros, José Gil é um dos professores de expressão dramática em Portugal que mais contribuíram para o movimento associativo que haveria de conduzir à criação no Porto, em 1992, da IDEA – International Drama/Theatre and Education Association. (in zoomonline.pt)

Veja ou adquira o livro e conheça o autor clicando na imagem

José-Gil-apresenta-novo-livro-de-poesia-768x408

Wendy Alexandre publica o seu primeiro livro de poesia, “Ainda tenho Fé”

banner-FB_Ainda-Tenho-Fé

Ainda tenho fé aborda, em forma de poesia, aspectos importantes da vida do homem, onde se destacam as componentes espirituais, morais, afectivas e sociais. Nesta obra o autor aproveita para chamar à atenção, que o acordar não deve ser encarado como sendo um hábito, antes porém, como uma dádiva de Deus. Alerta que, para que o amor seja mais efectivo, precisa de ser sinalagmático, isto é, deve ser recíproco.

Pode ainda encontrar-se no livro a mensagem segundo à qual a falsidade é dos valores mais reles que pode desgraçar uma pessoa, pelo que ela deve ser desvalorizada, como se o seu protagonista não existisse, sem descurar, entretanto, a necessidade de se tomarem as providências que se impõem. É dada ênfase à imperatividade de se amar cada vez mais o amor, sob pena de o amor sucumbir da face da terra.

O autor fecha a sua obra, apelando ao respeito pelas quitandeiras, vulgo zungueiras, ao invés de subestimá-las, pois elas demonstram o quão fortes são as mulheres.

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o autor

“Outros Poemas”, nova obra de Joaquim Castilho

 

Banner FB

“Poemas que podem ser outros, mas que talvez sejam iguais aos que sempre tenho vindo a fazer.”

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o autor

Apresentação da nova obra poética do Prof. José Gil “SolangeDasCerejas”

Sábado, dia 18-Nov, às 16:00, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

José Gil, encenador, performer, professor, poeta…, é um dos professores de expressão dramática portuguesa que mais motivou o movimento associativo que conduziu à criação no Porto, em 1992, da IDEA. Já publicou vários livros de poesia, com diversos poetas portugueses e brasileiros, e apresenta agora a sua obra mais recente, intitulada “SolangeDasCerejas”.

A sessão contará com a participação da Prof.ª Ana Pessoa, de Jorge Vicente e do Prof. Luís Souta.

Anteveja ou adquira o livro e conheça o autor clicando na imagem

Solange_facebook


O SitiodoLivro.pt

Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

Siga-nos no Twitter

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Categorias

Arquivo por meses

Anúncios

%d bloggers like this: