“As Regiões Vitivinícolas Portuguesas e alguns dos seus Vinhos”, uma obra antológica de Ceferino Carrera

para ver ou adquirir o livro e conhecer o seu autor clique na imagem

banner_FB_As-Regioes-Vitivinícolas

As Regiões Vitivinícolas Portuguesas e alguns dos seus Vinhos
A Arte da Prova e o Segredo do Uso

A produção literária sobre o vinho é em Portugal tão variada e valiosa quanto diferenciadas são as castas brancas e tintas, as regiões demarcadas e as sub-regiões… que enlaçam concelhos e distritos, criando o mapa vinícola do País!

O que é um vinho do Porto Vintage? Que sabemos das exigências dos caminhos e saberes da sua produção, antes que chegue ao nosso palatino? Há que conhecer a técnica e as práticas que lhe estão adjacentes e se desenharam e desenham, revolucionando saberes e formas de trabalho tradicionais apesar da continuidade indispensável de muitas delas, em especial a do trabalho braçal estimulado pelo nervo do Afecto que continua além dos novos trilhos percorridos. Quem nos fala e faz olhar as flores da videira?

Anúncios

Apresentação de “Despertar”, de Osvaldo Énio

Sábado, dia 21 de setembro de 2019, às 16:00, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

Osvaldo Énio Godinho, descendente de colonos madeirenses, nasceu e cresceu no Lubango (Angola) e veio radicar-se com a sua família no Alentejo litoral, depois da independência de Angola, onde manteve o gosto da escrita, sempre marcada pela sua vivência africana. Publica agora o seu 4.º livro, um romance intitulado “Despertar”, retratando uma história de drama e paixão, passada entre Portugal e Angola

Artur Ceia terá a seu cargo a apresentação do autor e da obra.

Anteveja o livro e conheça o seu autor clicando na imagem

banner_FB_Despertar_apresentaçao

Sinopse

O Frederico parte da sua pequena aldeia pobre, sem recursos, e vai mobilizado para a guerra em Angola, deixando ficar a namorada com quem pensava casar. Cumprido o tempo, abandona a zona de guerra e é transferido para a EAMA (Escola de Aplicação Militar de Angola), localizada na bonita cidade de Nova Lisboa, Huambo, onde passa a instrutor.

A Nela não aprova a decisão, pois tem medo de ir viver para Angola e, contra a vontade do Frederico, acabam o namoro. Num grupo de amigos, conhece a Filipa, com quem se casa e têm uma filha, a Tereza de Fátima. Anos depois, Filipa morre de acidente de viação.

Devido à situação de insegurança e conflitos, decide mandar a Té estudar para um colégio conhecido de Chaves. A Té tem dificuldades em se adaptar à mudança, sofre de depressão e uma professora que a vem apoiando verifica que a mesma é filha de Frederico, o seu antigo namorado.

Frederico abandona com mágoa Angola, vem para Chaves e casa com a Nela, sua antiga namorada. A Té, já na Universidade, aceita ir fazer um voluntariado numa ONG no Huambo, a sua terra natal.

Evale, uma criança de seis anos, encontrada ferida e faminta, após a destruição da sua sanzala por um dos movimentos ditos de libertação, afeiçoa-se à Té e torna-se seu protegido. No regresso a Portugal, condoída e com o apoio de todo o quimbo, o Evale acompanha a Té, passando a fazer parte da família.

“Aeródromos, Engenharia Aeronáutica & Gestão Aeroportuária”, uma obra de Messias António Bumba, Lucker

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o seu autor

banner_FB_Aeródromos_novidade

Esta obra é de grande relevância para o mercado internacional. Trata-se, de facto, de um dos volumes de Aeródromos, Engenharia Aeronáutica e Gestão Aeroportuária mais fácil de se ler, pela clareza da sua linguagem, acessível a todos os tipos de leitores. Ajudará, em certa medida, a melhorar o nível do saber e a capacitar os profissionais que trabalham nas diversas organizações relacionadas com a indústria aeronáutica.

Esta obra põe à disposição do leitor informações científicas, técnicas e tácticas, e práticas sobre o mundo dos aeródromos, instalações e equipamentos aeroportuários, segurança aeroportuária, desde o ponto de vista global e sintético, bem como divulga o negócio aeroportuário, nutrindo o mercado de novas metodologias e motivando os actuais e futuros executores do sector a seguirem com o desempenho das suas funções de forma responsável, na perspectiva de que a aviação é uma actividade que possibilita a mobilidade mundial de pessoas e bens no menor tempo possível, e a aeronave como um território internacional.

Pretende-se, assim, contribuir, facilitar e promover a busca  de informações realizada pela parte dos técnicos, académicos, pesquisadores e estudantes no que tange a existência dos aeródromos, da engenharia aeronáutica, gestão e negócio aeroportuário.

“Jurisdição Arbitral – Jurisdição Judicial”, uma obra de Jorge Tavares Lopes

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o seu autor

banner_FB_Jurisdição_Arbitral

O livro Jurisdição Arbitral – Jurisdição Judicial – Anotações ao Acórdão STJ – 6.ª Secção Cível  é dirigido, em primeira mão, a Juristas e pretende, decerto, suscitar a atenção destes leitores: Advogados, Magistrados, Académicos das Faculdades de Direito das várias Universidades, Estudiosos e Estudantes dos cursos de Direito, incluindo Mestrado e Doutoramento.

No entanto, ele constitui também uma chamada de atenção ao cidadão comum que, quer queira, quer não queira, sente dentro de si a vivência mais ou menos consciente, mais ou menos racionalizada, daquilo que é ou não a Justiça. Afinal o que é a Justiça? A pergunta não é só de Hans Kelsen. A pergunta subsiste no âmago do cidadão comum pela simples razão de que a “matriz da justiça” integra a natureza humana.

A matriz genética do homem, independentemente de ser jurista ou apenas cidadão comum, contém uma realidade anímica que distingue o justo do injusto, a partir de um quadro de valores essenciais que se vai definindo nos seus contornos externos ao longo dos tempos e que constitui a forma do pensar e do agir do povo português.

É manifesto que se regista uma incompreensão generalizada dos portugueses perante a máquina pesada da Justiça estadual, que revela uma insuficiência de desempenho dos mecanismos do “sistema de justiça”. As pessoas aspiram a uma justiça menos demorada, menos formal, menos legalista, muito embora no respeito da lei aplicada e interpretada com cristalina simplicidade e clareza.

Este texto, em forma de “memorandum”, independentemente da sua feição técnico-jurídica – que reflete mais de meio século de “advocacia-consultoria” e vinte anos de “arbitragem” do seu autor – pretende ser arauto das virtualidades da Arbitragem Institucionalizada, como meio alternativo de realização da Justiça ao serviço da Sociedade Civil e das Empresas.

“Pedagogia S”, nova obra do Prof. Luís Souta

Quarta-feira, 19 de junho, às 18:30, na Livraria Ferin (Rua Nova do Almada, 70, 1249-098 Lisboa)

O 10.º livro de Luís SoutaPedagogia S. – é um conjunto de «45 narrativas curtas sobre o Ensino Superior, na perspectiva (desconstrutivista) do Prof. S.». Os textos resultam de uma actividade individual de investigação qualitativa – auto-etnografia – levada a cabo, durante a última década. Este «livro é uma espécie de TAC do Ensino Superior em Portugal» (Agostinho dos Reis Monteiro), «um testemunho valioso sobre o nosso ensino superior e a nossa época» (José Catarino Soares).

A sessão contará com a participação de Carlos Cardoso, José Catarino Soares e Ricardo Vieira.

Para antever o livro e conhecer o seu autor clique na imagem

banner_FB_Pedagogia_S

Nova obra poética de Baião Modesto: “Antes de se acumular o pó”

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o seu autor

banner_FB_Antes_de_se_acumular_o_pó

Neste terceiro livro do autor, há uma paráfrase da Poesia Portuguesa, desde a Idade Média à Contemporaneidade. Se outro não houvesse, bastariam esses dois tópicos para a leitura dos poemas em Antes de se acumular o pó.

“O Lado Proveitoso Do Adversário”, nova obra de Osvaldo Mendes

clique na imagem para ver ou adquirir o livro e conhecer o seu autor

banner_FB_O_Lado_Proveitoso_do_Adversario

No livro O Lado Proveitoso Do Adversário o autor pretende mostrar sinteticamente como funciona o mundo das máquinas, em que a inteligência artificial está a ganhar importância no quotidiano das pessoas.

Esta predominância revela alguns riscos e perigos que poderão influenciar o modo como perspetivamos o nosso relacionamento interpessoal e evidencia que, num mundo cada vez mais global e competitivo, ganha quem detiver mais informação.


O SitiodoLivro.pt

Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

Siga-nos no Twitter

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Categorias

Arquivo por meses

Anúncios

%d bloggers like this: