Guerra Junqueiro

Carta a F.

Guerra Junqueiro

Guerra Junqueiro

«És tu quem me conduz, és tu quem me alumia,
Para mim não desponta a aurora, não é dia,
Se não vejo os dois sóis azuis do teu olhar.
Deixei-te há pouco mais dum mês, – mês secular
E nessa noite imensa, ah, digo-te a verdade,
Iluminou-me sempre o luar da saudade.
E nesses montes nus por onde eu tenho andado,
Trágicos vagalhões dum mar petrificado,
Sempre adiante de mim dentre a aridez selvagem,
Vi como um lírio branco erguer-se a tua imagem.
Nunca te abandonei! Nunca me abandonaste!
És o sol e eu a sombra. És a flor e eu a haste.
Na hora em que parti meu coração deixei-o
Na urna virginal desse divino seio,
E o teu sinto-o eu aqui a bater de mansinho
Dentro em meu peito, como uma rola em seu ninho!»

(Guerra Junqueiro, in ‘Poesias Dispersas’)

Homem de personalidade forte, perspicaz, alegre e com gosto pela vida, simples nos trajes, mas cuidadoso na aparência, com o seu bigode farto e olhar aquilino.

Influenciado por Baudelaire, Proudhon, Victor Hugo e Michelet, iniciou uma intensa escrita poética com o fim último de, pela crítica, renovar a sociedade portuguesa Fez parte do grupo “Vencidos da Vida”, em 1888. A esse grupo também pertenciam grandes nomes como Eça de Queirós e Oliveira Martins.

Detentor de um ‘tom panfletário’ na escrita, bem como de uma riqueza verbal que contribuiu para a renovação do verso português, foi considerado por muitos como ‘o primeiro poeta latino depois de Victor Hugo’.

Autor de uma vasta obra onde se incluem títulos tão conhecidos como, ‘Vozes sem Eco’ (1867), ‘Baptismo de Amor’, com prefácio de Camilo Castelo Branco (1868), ‘Victória da França’ (1870), ‘Espanha Livre’ (1873), ‘A Morte de D. João’ (1874), ‘A Velhice do Padre Eterno’ (1885), ‘Finis Patriae’, (1890), ‘A Pátria’ (1896), ‘Oração ao Pão’ (1902), ‘Oração à Luz’ (1903) e ‘Prosa dispersas’ (1920).

Quando passam 88 anos da sua morte, relembramos Guerra Junqueiro.

Bibliografia de Guerra Junqueiro

Anúncios

0 Responses to “Guerra Junqueiro”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

O SitiodoLivro.pt

Seja nosso fã no

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Conheça todas as novidades editoriais na nossa livraria

Os nossos e-books

Procura um livro que não encontra? Peça-nos

Encomende os livros escolares connosco

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Arquivo por meses

Categorias


%d bloggers like this: