“Acabou-se a Festa”, de Pedro Cosme Vieira

“Um livro directo, corajoso que ninguém quis prefaciar! Pedro Cosme Vieira, professor de carreira na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, faz uma análise descomprometida e arrojada do estado caótico das finanças e da economia portuguesas, […] num tom irónico, muito próprio do autor, que surpreende pelo carácter inédito no discurso de um professor universitário sobre temas complexos e não raras vezes apresentados de forma asséptica, livre de emoções, de propostas concretas e contracorrente.” Recém editado pela Vogais e já disponível na nossa livraria online:

Acabou-se a Festa
Soluções Ousadas para Reerguer Portugal
http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/acabou-se-a-festa/9789896681333/

9789896681333

Sinopse
Portugal chegou a um beco sem saída. As nossas finanças e a economia enfrentam uma crise profunda, por todos reconhecida, cuja origem tem razões complexas e muitos responsáveis. É urgente clarificar a origem dos problemas e definir as reformas e medidas necessárias. É esta lacuna que Acabou-se a Festa: Soluções Ousadas para Reerguer Portugal vem colmatar. Na primeira parte, Pedro Cosme Vieira faz um diagnóstico transversal e detalhado dos obstáculos económicos e financeiros que Portugal enfrenta. Na segunda, num estilo sem pruridos nem concessões, o autor apresenta as soluções arrojadas, mas inevitáveis, para que Portugal afaste definitivamente a crise.

Book Trailer

Anúncios

3 Responses to ““Acabou-se a Festa”, de Pedro Cosme Vieira”


  1. 1 LS 07/12/2011 às 17:50

    Gostei muito do livro….e as pessoas continuam serenas….Vai ser sem duvida o nosso futuro…teremos que mudar de vida e ser humildes !!!

    Gostar

  2. 2 P Gomes 20/12/2012 às 20:21

    Mas quem é este Professorzeco? Please, devia começar por se auto-propor para baixar o ordenado dele para metade. Esta gentalha que fala em empobrecimento, todos, mas todos sem excepção, ganham montantes exorbitantes e têm que calar a boca, nem que seja à força!!!

    Gostar

  3. 3 José Rocha e Silva 31/01/2013 às 18:26

    Proponho que o Pedro Cosme, seja pendurado pelo escroto em praça pública e lapidado por todos os passantes. Assim pode ser que ele deixe de se considerar “…pessoa de reconhecidos méritos quer em convénios científicos quer em simples reuniões de família”, como ele próprio escreveu no primeiro Curriculum Vitae que lhe vi, cheiinho de erros de sintaxe e ortografia, estava ele com 24 anos, e era à altura assistente da FEUP.
    José Rocha e Silva

    Gostar


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

O SitiodoLivro.pt

Seja nosso fã no

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Conheça todas as novidades editoriais na nossa livraria

Os nossos e-books

Procura um livro que não encontra? Peça-nos

Encomende os livros escolares connosco

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Arquivo por meses

Categorias

Siga-nos no twitter

Erro: Twitter não está a responder. Por favor espere alguns minutos e recarregue esta página.


%d bloggers like this: