James Hilton, o criador de “Shangri-La”

James Hilton

James Hilton

Com apenas dezassete anos de idade, terminaria o seu primeiro romance, “Catherine Herself”, que viria a ser publicado em 1920. Foi, durante alguns anos, colunista para o Irish Independent, vindo depois a publicar contos, críticas e outras contribuições também em órgãos da imprensa.

“Lost Horizon” é um dos muitos romances em que Hilton estuda a simbólica da percepção do mundo interior, sempre em busca de um espaço onde a verdade da imaginação possa confrontar o silêncio do esquecimento e a discrição do convívio social e cujo conceito baptizou de “Shangri-La”, nome que se tornou mítico e que viria a ser usado em múltiplas actividades, desde as artes, ao turismo, a comunidades espirituais, no cinema, ou até em residências de famosos.

Celebramos James Hilton, no 111.º aniversário do seu nascimento.

Bibliografia de James Hilton

Anúncios

0 Responses to “James Hilton, o criador de “Shangri-La””



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

O SitiodoLivro.pt

Seja nosso fã no

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Conheça todas as novidades editoriais na nossa livraria

Os nossos e-books

Procura um livro que não encontra? Peça-nos

Encomende os livros escolares connosco

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Arquivo por meses

Categorias

Siga-nos no twitter


%d bloggers like this: