Arquivo de Setembro, 2011



“A Extraordinária Caça ao Tesouro que lhe dá 50.000 €”. Começa hoje!

“Um livro que vale 50 000 €! A mais excitante aventura a que o mundo já assistiu. Um livro que vai unir milhões de leitores.” Veja aqui o trailer e conheça o regulamento de participação no desafio. Começa hoje! Já à venda na nossa livraria online.

A Extraordinária Caça ao Tesouro que lhe dá 50.000 €
http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/a-extraordinaria-caca-ao-tesouro-que-lhe-da-50000-e/9789897070341%20/

9789897070341

Sinopse

O Desafio começa no dia 16 de Setembro de 2011 e termina no dia 31 de Março de 2012.

Esta será a maior Caça ao Tesouro desde o título ilustrado Masquerade (bestseller internacional) que levou, em 1979, uma nação inteira numa demanda obsessiva por  uma barra de ouro enterrada pelo autor do livro. Inicialmente destinado a crianças, Masquerade tornou-se rapidamente numa obsessão para os adultos. O livro continha 15 pistas em imagens, que contavam a história da demanda de Jack Hare em levar um tesouro da Lua para o Sol. Um pote em cerâmica cheio de jóias e uma barra de ouro foi descoberto em 1982, em Beds, apesar de a primeira pessoa a ter encontrado o tesouro ter sido acusada de batota.

Em 2011, a Carlton Books reiventou o conceito e adaptou-o à Era Digital, combinando fantásticos avanços tecnológicos com a forma clássica de um livro ilustrado. Com o apoio oficial do Google Earth, surge então à “A Extraordinária Caça ao Tesouro que lhe dá 50 000 €”, um livro que levará os leitores numa viagem à volta do Mundo, em busca de respostas que podem conduzir a um tesouro de 50 000€. Um projecto de dimensão mundial, ao qual gostaríamos, terminado o desafio, ver associado o nome de um português. Contamos, por isso, com a ajuda de todos na divulgação deste livro, sem dúvida, fruto dos tempos modernos.

A página criada no Facebook, totalmente dedicada ao livro, servirá como fórum entre os leitores participantes (www.facebook.com/tesouro50000), e irá contar com a colaboração do autor Tim Dedopulos e do ilustrador Jonathan Lucas. É neste espaço que serão publicadas pistas para ajudar os leitores ao longo dos sete meses, bem como entrevistas, twitters do autor, entre outras informações.

Trailer

Como funciona o desafio

• As páginas do livro contêm uma série de pistas visuais e em texto que conduzirão o leitor a uma ou a várias localizações. Para que estas pistas ganhem sentido, o leitor terá obrigatoriamente de cruzar dados entre o livro e o Google Earth.

• Estas referências podem incluir padrões e contornos que se encontram nas imagens por satélite, direcções ou ligações temáticas no Google Earth.

• A resposta para cada página dupla (imagem e texto) funcionará como uma peça do puzzle final. Depois de reunidas todas as peças, estas levarão o leitor a um destino final no Google Earth: esse lugar será a chave com que poderão abrir a porta para o tesouro de 50 000 €.

• O leitor terá de introduzir a sua resolução do enigma no site www.50000.com.pt, criado especificamente para o livro. A editora irá então proceder a um sorteio entre os leitores que deram a resposta correcta, do qual sairá o premiado com um valioso cheque de 50 000 €.

Anúncios

“Os Reis da Reconquista Portuguesa”, de Stephen Lay

Entre o século X e meados do século XIII, Portugal emergiu como um reino independente, com fronteiras que se têm mantido, na sua grande maioria, inalteradas até hoje. Stephen Lay, professor de Oxford, explica como Portugal conquistou a independência, retratando os nossos primeiros cinco governantes, entre os séculos XI e XIII. Já em pré-venda na nossa livraria online.

Os Reis da Reconquista Portuguesa
http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/os-reis-da-reconquista-portuguesa/9789724743363/

9789724743363

Sinopse
Entre o século X e metade do século XIII, Portugal emergiu como um reino independente com fronteiras que se têm mantido, na sua grande maioria, inalteradas até hoje. Este desenvolvimento político ocorreu tendo como pano de fundo a luta entre a cristandade e o mundo islâmico, pelo controlo sobre a Península Ibérica. Também decisivo na formação de Portugal foi o impacto de uma crescente influência europeia por toda a península neste período. Esta influência cultural teve lugar através da imigração, do crescimento de redes comerciais e sociais e da transferência de ideias e de costumes sociais. Os governantes portugueses procuraram mediar esta influência europeia e transformá-la em benefício próprio. No século XII, Afonso Henriques (1128-1185) conseguiu estabelecer a monarquia portuguesa, mas os seus herdeiros Sancho I (1185-1211), Afonso II (1211-1223), Sancho II (1223-1245), e Afonso III (1248-1279) descobriram que o equilíbrio entre a realidade ibérica e as expectativas europeias era cada vez mais difícil de manter.

Agatha Christie

“Nada mais curioso do que os hábitos. Quase ninguém sabe que os tem.”

Agatha Christie

Agatha Christie

Considerada a “Rainha do Crime”, aliou uma imaginação brilhante à sua grande habilidade como narradora, para conquistar gerações de público para as suas histórias de mistério e suspense.

Estreou-se com o livro “O Misterioso Caso de Styles”, protagonizado pelo detective belga Hercule Poirot, que viria a tornar-se num dos mais famosos personagens de toda a história da literatura. Poirot seria protagonista de mais 33 romances e dezenas de contos. Na década de 1930, a sua abundante produção literária transformou-a numa autora “best-seller”.

Distinguimos Agatha Christie, quando passam 121 anos do seu nascimento.

Bibliografia de Agatha Christie

Aquilino Ribeiro

“O pior dos crimes é produzir vinho mau, engarrafá-lo e servi-lo aos amigos.”

Aquilino Ribeiro

Aquilino Ribeiro

É um dos romancistas mais fecundos da primeira metade deste século. Inicia a sua obra em 1913, com os contos de “Jardim das Tormentas” e com o romance “A Via Sinuosa”, 1918, e mantém a qualidade literária na maioria dos seus textos, publicados com regularidade e êxito junto do público e da crítica.

“Andam Faunos pelos Bosques”, 1926, “A Casa Grande de Romarigães”, 1957, “O Malhadinhas” e “Quando os Lobos Uivam”, 1958, representam tendências constantes da sua ficção: um regionalismo que é apego à terra campesina e às suas gentes, sem perder universalidade nos seus caracteres e descrições; uma ironia terna e complacente perante os vícios humanos comuns; uma crítica violenta da opressão política e do fanatismo ideológico, uma atenção inebriada ao pulsar do torrão campestre, tanto como à vibração sensual do corpo no ser humano. (via http://cvc.instituto-camoes.pt/)

Falamos de Aquilino Ribeiro, quando se assinalam 126 anos do seu nascimento.

Bibliografia de Aquilino Ribeiro

“O Terceiro Homem”, de Graham Greene

‎”Um clássico incontornável” (The Times) do grande mestre da ficção da Guerra Fria, que foi escrito, em 1949, como argumento para um filme realizado e interpretado por Orson Welles, agora de novo reeditado em Portugal, pela Casa das Letras (Grupo LeYa). Já em pré-venda na nossa livraria online.

“O Terceiro Homem”
http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/o-terceiro-homem/9789724620435/

9789724620435

Sinopse
Viena de Áustria, pós-Segunda Guerra, uma cidade dividida e gerida pelas quatro potências aliadas (Rússia, Inglaterra, França e Estados Unidos). Rollo Martins, um romancista de segunda linha, chega à cidade para visitar Harry Lime, o seu inescrupuloso amigo e herói de longa data. Logo descobre que Harry morreu, e em circunstâncias muito suspeitas. Enquanto se faz passar por um célebre escritor, dá início uma investigação por conta própria e procura resposta para a pergunta – o que Harry fez para merecer a morte? O Terceiro Homem (escrito em 1949 como argumento para um filme realizado e interpretado por Orson Welles) é uma das mais importantes narrativas breves de Graham Greene, autor que, como ninguém, se debruçou sobre os meandros do mundo da espionagem e da Guerra Fria.

Eugenio Montale

O Girassol

“Traz-me um girassol para que o transplante
no meu árido terreno
e mostre todo o dia
ao espelho azul do céu
a ansiedade do teu rosto
amarelento

Tendem à claridade as coisas obscuras
esgotam-se os corpos num fluir
de tintas ou de músicas. Desaparecer
é então a dita das ditas

Traz-me tu a planta que conduz
aonde crescem loiras transparências
e se evapora a vida como essência
Traz-me o girassol de enlouquecidas luzes.”

Eugenio Montale

Eugenio Montale

Desde muito cedo se apaixonou pelo canto lírico e pela poesia. Trabalhou como tradutor, versando para o italiano autores como William Shakespeare, Herman Melville e T.S. Elliot, entre muitos outros.

Foi considerado o mais expressivo representante italiano da poesia hermética, publicou “Ossi di seppia”, livro de poesia de maior sucesso na Itália, “Le occasioni” e “La bufera e altro”.

Recebeu o Prémio Nobel de Literatura em 1975.

Recordamos Eugenio Montale, quando passam 30 anos da sua morte.

Bibliografia de Eugenio Montale

‘Olhares’, de Anjo Latino

‘Amo-te
Quero o teu corpo bem juntinho ao meu
Necessito do teu calor para me aquecer
Para tirar de mim este frio que me paralisa
A saudade e a solidão sufocam-me
Quero-te ao meu lado dando-me esperança
E no brilho dos teus olhos
iluminar os meus dias
Corrigindo a cada passo a minha direcção.
Para te ter ao meu lado, tudo farei
Deixarei que a vida siga o seu curso suavemente
Enquanto rabisco palavras de alegria e dor
Faço versos e componho as minhas
poesias de amor
E deixarei nas entrelinhas o teu
nome disfarçadamente
Como um tesouro escondido entre
pétalas de uma flor..’

(Retirado do livro ‘Olhares’,
de Anjo Latino)

Recorrendo aos serviços de apoio à edição do SitiodoLivro.pt, Anjo Latino publica ‘Olhares’. Melhor que de outra forma, o autor descreve-nos a sua obra, através do seguinte poema:

‘OLHARES
Misturam-se em cada recanto, em
cada esquina, em cada rua
Cruzam-se de uma forma fria,
elegante, sensual, nua
Em cada olhar se pode ler uma
maneira diferente de estar
Olhar tão-somente de forma vazia e crua.
Parecem espelhos cintilantes
Absorvendo tudo à sua volta e
pode-se ver com rigor
Alegrias, encontros e tristezas,
problemas, desejos e cansaço
Desespero, fantasias e amor
É o espelho da nossa alma, o olhar
A reflectir os mais íntimos
segredos do nosso ser
Estampado no nosso semblante.’

(Anjo Latino,
autor do livro ‘Olhares’)

http://www.sitiodolivro.pt/pt/livro/olhares/9789892025568/


O SitiodoLivro.pt

Insira aqui o seu endereço de email para seguir o Blogue e receber notificações dos novos artigos por email.

Siga-nos no Twitter

Quer publicar um livro? Saiba como aqui

Esclareça-se aqui como comprar-nos livros

Conheça as modalidades de pagamento que aceitamos

Para qualquer questão, contacte-nos desde já

Categorias

Arquivo por meses

Anúncios

%d bloggers like this: